“A vida” na ótica de Dietrich Bonhoeffer


A vida é uma oportunidade, aproveite-a…
A vida é beleza, admire-a…
A vida é felicidade, deguste-a…
A vida é um sonho, torne-o realidade…
A vida é um desafio, enfrente-o…
A vida é um dever, cumpra-o…
A vida é um jogo, jogue-o…
A vida é preciosa, cuide dela…
A vida é uma riqueza, conserve-a…
A vida é amor, goze-o…
A vida é um mistério, descubra-o…
A vida é promessa, cumpra-a…
A vida é tristeza, supere-a…
A vida é um hino, cante-o…
A vida é uma luta, aceite-a…
A vida é aventura, arrisque-a…
A vida é alegria, mereça-a…
A vida é vida, defenda-a…

Dietrich Bonhoeffer

Anúncios

3 comentários em ““A vida” na ótica de Dietrich Bonhoeffer”

  1. Que grande legado nos deixou Bonhoefer,um homen que verdadeiramente não tinha a sua vida por preciosa.Ele nos mostra que vale viver uma vida abnegada e até morrer por amor de nosso Senhor e Salvador Jesus.
    Que o seu exemplo nos encorage a viver uma vida realmente digna de ser vivida,uma vida de intenso amor pelo nosso Senhor e aos homens.

  2. Já havia lido e ouvido falar tanto de Dietrich Bonhoeffer
    poeta e sonhador, que a vida arriscou por um amor maior, uma causa única, um ideal apaixonante; própria dos grandes homens.
    Mas a poesia acima é a master que explica a diferença entre ele e outros pseudos teologos que se dizem salvadores de almas e amantes da poesia:

    “A vida é vida, defenda-a…”

    Dietrich Bonhoeffer

  3. Fernando Pessoa diz ser o poeta um fingidor, Bonhoeffer escreve suas verdades, sua cosmovisão. Pessoa talves escrevesse pra fugir de si, da existência, que segundo ele mesmo, nunca aprendeu a viver, Bonhoeffer escreve pra enfrentar a realidade, pra transformá-la. Boa parte dos poetas, como Fernando Pessoa, põem em suas poesias o peso de suas almas, Dietrich Bonhoeffer põe em suas poesias não só sua alma, mais ainda sua luta, sua paixão, seu chamado… Há algo maior que isso?Há algo maior que a causa pela qual um homem vive e morre? Não se tratavam apenas de pessoas, ou dos valores incorretos de uma nação, se tratava de Cristo, de sua morte, de sua ressureição, da ética cristã, do que Cristo faria… Do que Ele fez… Nisso se resumem suas poesias.

Se gostou, por gentileza, comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s