Nada menos…


Quando achamos merecer a vida,
Ele nos faz ver a morte de perto…
Nos faz perceber o negro para contrastar o branco
E ver o quanto somos ingratos.

Quando julgamos merecer fortunas,
Ele nos faz conhecer o servo…
Nos coloca junto à miséria
Para vermos riquezas reais.

Quando pensamos merecer sucesso
Ele nos dá o anonimato…
Porque, sendo ninguém, é mais fácil
Tornar-se realmente feliz.

Mas tudo isso é só um processo…
Um molde à vontade do mestre…
O barro nas mãos do oleiro…
O ouro nas mãos do ourives…

Aí pensamos merecer a morte…
E ele nos dá seu Filho.
Pensamos merecer a miséria…

E este nos dá o seu sangue.
Vemos que somos ninguém…
E o sangue nos traz o Espírito,
E nos tornamos filhos.

E então, quando afirmamos não merecer nada,
Ele também não nos dá nada…
Nada menos que a eternidade!
Nada menos que a eternidade.

Wesley de Andrade
wesleydeandrade@hotmail.com

Anúncios

Um comentário em “Nada menos…”

Se gostou, por gentileza, comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s