Um Pássaro na Gaiola, por Madame Guyon


Sou um passarinho, sem campos, sem ar
Na minha gaiola sento-me a cantar
Para Quem aqui me aprisionou.
Bem satisfeito prisioneiro sou
E assim, meu Deus, quero Te agradar.

Aqui, nada tendo para realizar,
Todo o longo dia só posso cantar.
As minhas asas Ele amarrou,
Mas o meu canto muito O agradou,
Ainda Se curva pra me escutar.

Tu tens paciência para me escutar,
E um coração pronto para a mim amar.
Gostas de ouvir meu rude louvor
Pois sabes que o amor, quão doce amor!
Inspira todo esse meu cantar.

Preso na gaiola não posso sair,
Mas minha prisão não pode me impedir
A liberdade do coração
Que sempre voa em Tua direção,
Minh´alma livre, a Ti vai se unir.

Oh! Que gozo imenso poder me elevar
Para as alturas a Ti contemplar.
Tua vontade e desígnio amar
Minha alegria neles encontrar,
Livre, em Teus braços me aconchegar

 

Madame Guyon

Anúncios

8 comentários em “Um Pássaro na Gaiola, por Madame Guyon”

  1. Poxa pessoal que comentários infelizes alguns, procurem saber qual foi a história da vida dela e voces entenderão o significado da poema, ela não resolveu simplesmente escrever sobre pássaros e fazer analogia da vida dela com Deus, ela viveu aprisionada de fato.
    “não gosto de passaros presos” , “aprisionar é crueldade”…¬¬
    Leiam sobre ela serão muito edificados!

  2. É INTERESSANTE
    MAS APRISIONAR É UM ATO DE COVARDIA NAO DE AMOR,
    TIROU A LIBERDADE E O DIREITO DE VIVER.
    O QUE APRISIONA PÁSSAROS SE IGUALA AO SEQUESTRADOR QUE APRISIONA SUAS VITMAS EM CATIVEIRO.
    ELE O PRIVOU DE VOAR DE TER FAMILIA, DE SE BANHAR NOS RIOS DE SENTIR OS VENTOS, DE VER O ARCO-ÍRIS, DE VER NO NINHO SEUS FILHOS NASCEREM.
    ESSA É MINHA OPINIAÕ…

  3. Lindo demais, mas como um passaro pode se sentir feliz estando longe dos seus iguaise ainda por cima aprisionado?

    1. Jessica, obrigado por seu comentário no Viver e Pensar.

      Acredito, pessoalmente, que o foco da poesia não está em comunhão, mas no resgate de uma alma perdida que agora se “aprisiona” ao amor de Deus, que gera adoração genuína.

      Existiria “prisão” melhor do que os braços do Senhor?

      Abraço :)

    2. gostei da poesia, mas odeio ver passaros presos

      Estou escrevendo um livro ” passarros engaiolados contando suas estorias e seus sonhos”

Se gostou, por gentileza, comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s