Rude coroa da liberdade

A coroa de espinhos
Que feriam Sua cabeça, era minha.
Os cuspes em Seu rosto,
Eram meus.

Com compaixão me viu,
Com intensidade me amou,
Com Seu precioso sangue,
Minha vida resgatou.

O cego abriu os olhos,
O coxo levantou,
O surdo passou a ouvir,
E o morto ressucitou.

Mesmo tentado,
Não foi derrotado,
Ferido e injuriado,
Não mostrou-se desanimado.

Que grande prova de amor,
Deus, o Seu próprio filho enviou
Para o resgate de muitos,
Aos quais, vida plena planejou.

Sem reclamar,
Dor e humilhação enfrentou,
Pendurado no madeiro,
Meus pecados perdoou.

Sou grato a Ti Senhor,
Pela Sua presença, pelo seu amor,
Por me salvar de mim mesmo,
Dos meus medos, da minha dor.

Junior Della Mea
juniordm@gmail.com

Anúncios

3 thoughts on “Rude coroa da liberdade”

  1. Como o Everton disse acima, é sempre dificil descrever o Amor de DEUS.
    Essa mensagem é maravilhosa!

    Parabens.

Se gostou, por gentileza, comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s